SEJAM BEM VINDOS! A terra é uma só. A humanidade é uma só. A FELICIDADE é uma só.

Palestras

Palestras


microfonetaiyoopublicoacsp

Serviços – Palestras e Mini workshops

Andrea Taiyoo, quer levar felicidade à sua Empresa


Depois que o rei do Butão, um pequeno país do Himalaia, questionou se o PIB- Produto Interno Bruto seria mesmo o melhor índice para designar o desenvolvimento de uma nação, nasceu o conceito de FIB- Felicidade Interna Bruta. Considerada uma nova fórmula para o cálculo da riqueza de um país, a experiência recebeu o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU) e passou a ser replicada em diversos países. A partir dos quatro pilares do FIB, economia, cultura, meio ambiente e boa governança, derivam-se 9 domínios de onde são extraídos indicadores para conhecer a “Felicidade” de uma nação, São eles:

1. Bom padrão de vida econômico
2. Gestão equilibrada do tempo
3. Bons critérios de governança
4. Educação de qualidade
5. Boa saúde
6. Vitalidade comunitária
7. Proteção ambiental
8. Acesso à cultura
9. Bem-estar psicológico

O primeiro passo do Brasil nesse sentido foi dado o ano passado com a alteração constitucional proposta que altera o artigo 6º da Constituição, acrescentando o termo “essenciais à busca da felicidade”, no texto. O artigo ficaria assim: “São direitos sociais, essenciais à busca da felicidade, a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição”.

No entanto, você poderia achar absurda a idéia de tentar garantir a felicidade por meio de uma emenda à Constituição. Na verdade não se trata disso. A inclusão do direito à busca da felicidade não significa que todas as pessoas passarão a ser felizes a partir da alteração constitucional. Mas ela reforça a necessidade de o Estado prestar o mínimo daqueles serviços públicos necessários para o cidadão buscar a felicidade. A dignidade da pessoa humana, um princípio fundamental da nossa Constituição, pode ser considerado tão subjetivo quanto à felicidade. Contudo, não encontra críticos. “Ao contrário, orienta a elaboração de nossa legislação”,

Diversos países atribuem ao Estado responsabilidade constitucional pela busca de meios para a garantia do direito de ser feliz. A Declaração de Direitos da Virgínia (EUA, 1776) outorgou aos cidadãos o direito de buscar e conquistar a felicidade. Na Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão (França, 1789), há a primeira noção coletiva de felicidade, determinando que reivindicações dos indivíduos sempre se voltarão à felicidade geral. Constituições de outros países, como Japão e Coréia do Sul, também determinam que todas as pessoas têm direito à busca pela felicidade, devendo o Estado empenhar-se na garantia das condições para atingi-la.

Andrea Taiyoo quer levar ao seu conhecimento, os estudos da Felicidade sob a ótica da ciência e da espiritualidade. As palestras e works shops que fazemos, tem por objetivo levar ao conhecimento das pessoas o resultado desses estudos e ajudá-las a atingir um nível mais alto e sustentável de bem estar. Qual é a vantagem disso? A pesquisa realizada através do método científico, nos fornece informações sobre causa e efeito, estudando cada fenômeno de forma sistemática sem predisposições ou preconceitos. A ciência prova que é possível ser mais feliz e se uma pessoa toma essa decisão e compreende que é uma decisão de peso, que exigirá esforço, compromisso e disciplina- ela conseguirá fazer isso acontecer. Além da ciência as palestras abordam também a importância da espiritualidade na construção de uma vida mais feliz.

Que tal engajar sua empresa nesse movimento que é tendência mundial?


Palestra: Gandhi


“Não existe um caminho para a felicidade, a felicidade é o caminho.”  Mahatma Gandhi

Essa palestra tem por objetivo fazer mudar paradigmas sobre o objetivo comum de toda a humanidade : SER FELiZ. A grande maioria das pessoas acreditam, que felicidade são só momentos, que é impossível ser feliz. Andrea Taiyoo, depois de muito estudar o assunto mostra que é possível ser feliz e que Felicidade não é TER, é SER.

A felicidade não está em viver, mas em saber viver. Não vive mais o que mais vive, mas o que melhor vive.”
Mahatma Gandhi

 

Palestra: Confúcio


Essa palestra tem por objetivo despertar quais são as habilidades, o dom de cada pessoa, essenciais para desenvolver um bom trabalho, fazendo o que gosta. Para ser padre, é necessário ter vocação, para ser um bom médico é preciso ter um dom, para ser um pintor é preciso ter talento, enfim a maioria das profissões são exercidas por pessoas que têm uma tendência, habilidade, identificação pelo que faz e por isto fazem por amor. Quem se ama sempre escolhe o melhor para si, ou o que a faz feliz. Consequentemente, pode-se dizer que todos prosperarão, empregado , empresa e sociedade.

Escolhe um trabalho de que gostes, e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida.”
Confúcio

Deseja receber mais informações?

Consulte-nos também sobre outras palestras  e também palestras gratuitas para ongs, entidades carentes e outros, os interessados devem entrar em contato pelo email: taiyooprojetomr@gmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: