SEJAM BEM VINDOS! A terra é uma só. A humanidade é uma só. A FELICIDADE é uma só.

O que é obesidade?


A obesidade é o acúmulo de gordura no corpo causado quase sempre por um consumo de energia na alimentação, superior àquela usada pelo organismo para sua manutenção e realização das atividades do dia a dia. Ou seja: a ingestão alimentar é maior que o gasto energético correspondente.

A obesidade recentemente foi considerada por um estudo científico como uma epidemia, que causa a morte de aproximadamente 10% da população e que a alimentação errada, o sedentarismo e a falta de força de vontade para mudar são a causa de 90% deste problema mundial…


-> Complicações possíveis

Pessoas obesas têm maior probabilidade de desenvolver doenças como pressão alta, diabetes, problemas nas articulações, dificuldades respiratórias, apnéia, gota, pedras na vesícula e até algumas formas de câncer, entre muitas outras, além de males de ordem psicossocial, como depressão, baixa auto-estima, …

-> Convivendo / Prognóstico / Cuidados (dia-a-dia)

Não deposite as esperanças do tratamento apenas no medicamento, pois o resultado depende principalmente das mudanças nos hábitos de vida (dieta e atividade física).

Com o tempo o medicamento pode passar a perder o efeito. Se isso ocorrer, consulte seu médico e nunca aumente a dose por conta própria.

Existem muitas propagandas irregulares de medicamentos para emagrecer nos meios de comunicação, por isso não acredite em promessas de emagrecimento rápido e fácil.

Não compre medicamentos pela internet ou em academias de ginástica, pois muitos não são autorizados pelo Ministério da Saúde e podem fazer mal a quem utiliza.

Clínicas e consultórios não podem vender medicamentos. O paciente tem a liberdade de escolher a farmácia de sua confiança para comprar ou manipular o medicamento prescrito.

Fórmulas de emagrecimento com várias substâncias misturadas são proibidas pelo Ministério da Saúde e já provocaram mortes.

Lembre-se sempre:

Não existe mágica! Para manter o peso dentro dos valores desejáveis a melhor opção é ter uma alimentação balanceada e praticar atividades físicas regularmente.

-> Diagnóstico de Obesidade

A obesidade é determinada pelo Índice de Massa Corporal (IMC) que é calculado dividindo-se o peso (em kg) pelo quadrado da altura (em metros). O resultado revela se o peso está dentro da faixa ideal, abaixo ou acima do desejado.

Classificação do IMC:

Menor que 18,5 Abaixo do peso
Entre 18,5 e 24,9 – Peso normal
Entre 25 e 29,9 – Sobrepeso (acima do peso desejado)
Igual ou acima de 30 – Obesidade.

Cálculo do IMC:

IMC=peso (kg) / altura (m) x altura (m)

Exemplo: João tem 83 kg e sua altura é 1,75 m
Altura x altura = 1,75 x 1,75 = 3,0625
IMC = 83 (peso) divididos por 3,0625 = 27,10

O resultado de 27,10 de IMC indica que João está acima do peso desejado (sobrepeso).

-> Tratamento de Obesidade

Como a obesidade é provocada por uma ingestão de energia que supera o gasto do organismo, a forma mais simples de tratamento é a adoção de um estilo de vida mais saudável, com menor ingestão de calorias e aumento das atividades físicas. Essa mudança não só provoca redução de peso como facilita sua manutenção.

Medicamentos – A utilização de medicamentos contribui de forma modesta e temporária para a redução de peso e nunca devem ser usados como única forma de tratamento. Além disto é fundamental eles serem prescritos por um médico especialista, porque boa parte das substâncias usadas atuam no cérebro e podem provocar reações adversas graves, como: nervosismo, insônia, aumento da pressão sanguínea, batimentos cardíacos acelerados, boca seca, intestino preso. Um dos riscos mais preocupantes é o de se tornar dependente do medicamento, por isso, o tratamento deve ser acompanhado com rigor e restrito a alguns tipos de pacientes, porque para cada caso existe um medicamento… O que faz bem para um, pode fazer extremamente mal para outros.

-> A LUTA CONTRA A OBESIDADE -> Carta do Prof. Claudio Sofredini

Vivemos em um mundo onde quase tudo nos leva a obesidade, em tempos modernos como hoje a vida do ser humano tem sido cada vez mais facilitada e o gasto calórico diário tem diminuído cada vez mais.
Andamos de carro, em casa temos controle remoto para tudo, ar condicionado, maquina de lavar, comidas pré prontas, podemos pedir tudo em casa e esperar até que chegue, a diversão do mundo moderno é internet, vídeo games, tv, filmes e outros meios que não consomem praticamente nada de calorias. Nos tempos antigos a diversão era correr, pular corda, caminhar em parques e atividades altamente extenuantes, o ser humano gastava grandes quantidades de energia por dia, apenas realizando tarefas do dia a dia, como lavar roupas ou ir ao mercado.

Existiam inúmeros trabalhos manuais a realizar em um dia, simples tarefas como varrer a casa, arrumar o quarto, tirar a mesa após as refeições, lavar a louça das refeições feitas, e muitas outras tarefas simples faziam com que o gasto calórico total fosse em media 300 à 500 calorias diárias a mais do que gastamos hoje em dia, essa conta pode ser alarmante se pensarmos em semanas, meses e anos. As pessoas hoje em dia gastam menos e consomem mais com alimentos altamente calóricos, gordurosos e cheios de açúcar e sódio, e esse é o motivo da maior parte da população brasileira ser obesa.

Todos os dias travamos batalhas duríssimas contra a maravilhosa e variada culinária atual, onde podemos desfrutar de qualquer delicia que se possa imaginar a qualquer hora do dia, pois tudo hoje funciona 24hs. Vivemos um tempo onde tudo tem que ser rápido e tudo é informatizado, tudo esta mais acessível e fácil, passamos mais tempo sentados na frente de um computador, comemos em horários aleatórios e comidas não tão saudáveis, ficamos a mercê de um ritmo de vida que nos leva a obesidade.

O que fazer para fugir desse ciclo?

Sei que nos dias de hoje o que vou dizer pode parecer um absurdo para muitos, mais o simples fato de realizar tarefas do dia a dia ajuda a combater a obesidade, tarefas como: varrer a casa, lavar a roupa sem a maquina, arrumar seu quarto, levantar do sofá quando for mudar de canal, e muitas outras tarefas que hoje parecem banais, podem sim combater a obesidade. Claro que apenas isso não ira corrigir um problema já existente, outras medidas deverão ser adotadas para problemas maiores. Procurar profissionais da área de saúde como: educadores físicos, médicos, nutricionistas são as melhores opções em minha opinião, pois cada um em sua área especifica saberá orientar casos individuais e pessoas com maior dificuldades e patologias mais sérias.
Hoje em dia temos profissionais incríveis e especializados nesse assunto, e mais, existem lugares para tratar esse mal, spás, academias, grupos que cuidam e orientam quanto a nutrição, e muito mais para quem quer se cuidar.

Obesidade pode e deve ser considerada uma doença, pois com ela outros males ocorrem, pressão arterial alterada, índices de colesterol e trigliceris alterados, até problemas psicológicos são desencadeados, e inúmeros outros que talvez sejam ignorados ou ainda não estudados.

Quando tratamos desse assunto muitos podem associá-lo com buscar um corpo estético, sarado ou mesmo como a mídia tem pintado, o famoso “bombado”. Mais este texto ou qualquer outro que aborde a questão da obesidade, tem esse tipo de apelo, a questão aqui é puramente saúde, estética vem em segundo ou terceiro plano. Buscar um corpo saudável é a melhor estratégia para qualquer ser vivo, pois nosso corpo por si só é maravilhoso, e estando em bom funcionamento se tornara estético, será bonito. Então a dica é: busque a saúde corporal sempre.

Você pode ter o corpo que deseja, basta traçar uma meta, colocar em mente que terá que fazer sacrifícios e que o caminho será difícil, pois existem inúmeras dificuldades pelo caminho, inúmeras tentações as quais são impostas pela sociedade, não faça dietas absurdas, nem mesmo vá para academia e fique horas em um só dia, faça um programa consciente e elaborado por um profissional de sua confiança, o resultado para ter um corpo bonito e saudável leva tempo e dedicação, ter paciência e empenho é o essencial. Seja forte e siga em frente, e lembre-se sempre, você tem o corpo que quer.

Prof. Claudio Sofredini

——————————–
(principais fontes: http://www.minhavida.com.br/saude/temas/obesidade e http://www.nutricaoexercicio.com/2011/12/luta-contra-obesidade.html)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: