SEJAM BEM VINDOS! A terra é uma só. A humanidade é uma só. A FELICIDADE é uma só.


Depois da linhaça, da quinoa e de tantos outros grãos agora é a Chia que cai no gosto dos brasileiros. Originária do México, ela foi muito consumida por civilizações antigas graças às propriedades nutritivas que apresenta – que não são poucas.

Em doses apropriadas ajuda o corpo a entrar em forma. “Para ser uma aliada do emagrecimento, deve substituir alguma fonte de carboidrato integral e não complementar a dieta”, orienta a nutricionista Camila Cohen.

Os especialistas ouvidos pela reportagem garantem que consumir uma colher de sopa (15 g/ 70 calorias), por dia, é o suficiente para desfrutar de todos os benefícios. Se essa é a sua prioridade, eles ainda recomendam ingeri-la 30 minutos antes de duas das principais refeições diárias (café da manhã, almoço ou jantar).

Mais do que amiga da boa forma, a Chia pode fazer muito pela sua saúde. Veja alguns motivos para incluí-la na alimentação:

Protege o coração e o cérebro A quantidade de Ômega-3 é destaque: 100g apresenta quatro vezes as necessidades nutricionais diárias. A cardiologista Tamara Rodrigues explica a propriedade cardioprotetora do nutriente: “ele reduz a formação de coágulos sanguíneos e arritmias, diminui o colesterol circulante no sangue e também aumenta a sensibilidade à insulina. Outra vantagem é que ajuda na regulação da pressão dos vasos sanguíneos uma vez que aumenta a fluidez do sangue, evitando assim, o aumento da pressão arterial. Isso significa que diminui o risco de ataques cardíacos, pois previne que as placas de gordura acumulem-se nas artérias”. Para o cérebro os benefícios são igualmente significativos: o órgão é constituído por 20% de gordura. Dessa maneira, o consumo de Ômega- 3 é vital para deixá-lo ativo, prevenindo doenças como a esclerose, Alzheimer entre outras.

Diminui a fome A nutricionista explica que a Chia age em frentes distintas que auxiliam no emagrecimento. “A semente é mucilaginosa: ao entrar em contato com a água, forma um gel no estômago que torna a digestão mais lenta e proporciona saciedade”. Além disso, possui baixo índice glicêmico, evitando picos de açúcar no sangue, que podem causar hipoglicemia ou hiperglicemia.

Combate a anemia Uma porção de 100g contém cerca de 60% das nossas necessidades diárias de ferro – três vezes mais do que a mesma quantidade de espinafre.

Fortalece os músculos Altamente proteica, ajuda na reconstrução da massa muscular de quem pratica atividade física. “O consumo também é recomendado aos vegetarianos, pois complementa o fornecimento deste nutriente na dieta”, salienta a nutróloga Camila Favale que ainda destaca: “Rica em potássio, a Chia, junto com a banana, forma uma dupla eficiente na prevenção de câimbras”.

Regula o intestino Fonte de fibras solúveis e insolúveis, a semente ajuda a manter o bom funcionamento da flora intestinal e a desintoxicar o organismo, pois retêm parte da gordura presente nos alimentos.

Previne a osteoporose Intolerantes à lactose precisam de uma fonte de cálcio segura – uma porção de 25g de Chia contempla 20% das nossas necessidades diárias para a saúde da massa óssea. “O manganes, outro componente fartamente encontrado na Chia, estimula o crescimento dos ossos e do tecido conjuntivo”, explica Camila Favale.

Retarda o envelhecimento Os radicais livres, produzidos diariamente a partir do oxigênio que respiramos, estão ligados aos processos degenerativos do organismo – como o envelhecimento celular. A semente de chia possui ácidos cafeico e clorogênico – ambos são antioxidantes capazes de bloquear essa ação.

Reforça o sistema nervoso As vitaminas do Complexo B são fundamentais para o pleno funcionamento do nosso sistema nervoso. A Chia possui em sua composição a niacina, a tiamina e a riboflavina.

Como consumir A Chia pode ser encontrada em três versões:

Óleo – Pode ser usado como temperos. Contudo, essa versão não conta com os benefícios das fibras. Os demais componentes, como o Ômega-3, permanecem inalterados.

Grão – Coloque em um vidro hermético, bem fechado, com pouco ar e armazene em um lugar fresco e longe da luz solar.

Farinha – Adicione no preparo de iogurtes, vitaminas e saladas, tortas. Duas colheres de sopa de chia atendem a maior parte das nossas necessidades diárias: 50% de ferro (7,3mg) e 27% de magnésio (70mg), por exemplo.

Média de preços

  • Farinha de Chia, Giroil, R$ 22,00
  • Farinha de Chia, Ser Leve, R$ 22,00
  • Farinha de Chia, Vitalin, R$ 19,00
  • Óleo de Chia em cápsulas, Tiaraju, R$ 68,00
  • Óleo de Chia Extravirgem, Giroil, R$ 35,00
  • Semente de Chia, Herbarium, R$ 36,00

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: